segunda-feira, 24 junho, 2024
spot_img
InícioRegiãoCentro de Educação Ambiental Tabarana, de Louveira, será inaugurado nesta terça-feira

Centro de Educação Ambiental Tabarana, de Louveira, será inaugurado nesta terça-feira

O objetivo do espaço é compartilhar conhecimento sobre o meio ambiente para todos os moradores

O Centro de Educação Ambiental Tabarana vai ser inaugurado nesta terça-feira (28) às 8h30. Localizado na Avenida José Mamprim 110, no bairro Colina da Bela Vista; o objetivo do espaço é compartilhar conhecimento sobre o meio ambiente para todos os moradores. A ação é coordenada pela Secretaria de Gestão Ambiental e faz parte da programação de aniversário de 58 anos de Louveira, que na gestão do prefeito, Estanislau Steck, traz investimentos ecologicamente corretos para a comemoração. Além disso, também será lançado o projeto Taba Ecobag, que combina solidariedade com responsabilidade ambiental.
O local vai proporcionar cursos gratuitos, palestras e apresentação de filmes relacionados ao cuidado com o meio ambiente. A estrutura também vai contar com um viveiro de mudas de espécies nativas, no qual, em uma ação integrada da Secretaria de Gestão Ambiental, Assistência Social e Saúde, vai realizar medidas educacionais com idosos e adolescentes, além de servir para pessoas cumprirem medidas socioeducativas.
Ainda na terça-feira (28) no Centro de Educação Ambiental Tabarana, será lançado o projeto Taba Ecobag. Promovendo solidariedade e sustentabilidade, a população poderá trocar 1 litro de leite por sacolas recicláveis que serão confeccionadas a partir de lonas reutilizáveis, dando assim a destinação ambiental correta. Todo o conteúdo será destinado para pessoas e entidades atendidas pelo Fundo Social.
Entre outros investimentos na área ambiental, a Prefeitura de Louveira prepara terreno para plantio em uma nascente no bairro Parque dos Sábias. Dentre ações já realizadas, foi realizado o plantio de 58 mudas de espécies nativas em comemoração ao aniversário da cidade, uma para cada ano de idade, uma caminhada ecológica que retirou cerca 300 kg de resíduos sólidos das ruas e houve avanços no levantamento do inventário da arborização urbana da cidade.
Em responsabilidade com o meio ambiente, a Prefeitura de Louveira, por meio da Secretaria de Gestão Ambiental que em conjunto com outras Secretarias e em importantes parcerias, continua trabalhando para ampliar as ações através de melhorias e novos projetos. Os números até março mostram grandes resultados em coleta seletiva, proteção à fauna e educação ambiental. Em destaque, foram mais de 350 animais silvestres resgatados, 3.645 toneladas de resíduos sólidos coletados que foram destinados para reciclagem, quase 20 mil árvores plantadas e mais de 900 mil reais em descontos em IPTU gerados por programas ambientais. CLIQUE AQUI para conferir a matéria completa.
A inauguração do Centro de Educação Ambiental Tabarana e o lançamento do Taba Ecobag acontecem dentro da programação de aniversário de 58 anos de Louveira. Desde o dia 1 de março já foram realizadas entregas de importantes obras, pavimentação de ruas, inauguração do Parque Luigi Martini, mutirões de saúde, eventos de esporte, ações em especial à Semana da Mulher, a entrega das adequações do Centro Comunitário do Vassoural, Subestação, lançamento do Programa Mãe Louveirense, show com o cantor Daniel e entre outras.
Ainda nesta semana haverá a entrega do Centro de Referência do Autismo. Essa e outras ações acontecem neste mês de março.
“Cuidar do meio ambiente é cuidar do nosso presente e das futuras gerações. Além de cuidarmos da natureza, a ação conta diretamente com a participação da população para proporcionar conhecimento e atividades interativas”, disse o prefeito de Louveira, Estanislau Steck.
“O Centro de Educação Ambiental Tabarana terá uma área destinada para compostagem de resíduos alimentares. Pretendemos fazer uma parceria com restaurantes da cidade que se interessem em encaminhar restos de alimentos para podermos utilizar na produção de composto orgânico, o qual será utilizado para produção de mudas de espécies nativas que serão usadas nos plantios de árvores em áreas urbanas, reflorestamentos, e para o programa de pagamento por serviços ambientais”, disse a secretária de Gestão Ambiental, Rose Celidonio.

Anselmo Brombal
Anselmo Brombalhttps://jornaldacidade.digital
Anselmo Brombal é jornalista do Jornal da Cidade
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- publididade -spot_img

POPULARES