terça-feira, 16 abril, 2024
spot_img
InícioGeralMãe com duas vaginas deu à luz com a direita e agora...

Mãe com duas vaginas deu à luz com a direita e agora tentará ter um bebê com a esquerda

Condição chamada de útero didelfo afeta cerca de 0,3% da população

Uma mulher australiana descobriu aos 20 anos que têm duas vaginas. Ela tem útero didelfo, condição que afeta 0,3% da população. Além de duas vaginas, a condição também faz com que Evelyn Miller, de 31 anos, tenha dois úteros.
Nas suas duas primeiras gestações, em 2020 e em 2022, a australiana usou a vagina direita para engravidar e ter seus filhos. Por conta do tamanho de seu útero — a condição faz com que cada órgão tenha apenas metade do tamanho padrão — seus bebês tiveram dificuldade para crescer.
Na primeira gravidez, ela não conseguiu dar à luz por via vaginal porque o bebê não estava posicionado centralmente, então uma cesariana foi marcada.
“O primeiro parto foi uma gravidez de alto risco porque ambos os úteros tinham metade do tamanho de um útero ‘normal’, então fiz muitos exames”, disse Evelyn, de Queensland, Austrália. “Fiquei desconfortável durante a gravidez — minha barriga estava do lado direito porque eu estava grávida no útero direito, o que significa que o bebê nunca sentava no centro, então minhas costas eram terríveis.”
Três meses após o nascimento de seu primeiro filho, Evelyn mais uma vez engravidou, também na vagina direita. Mais uma vez, uma cesariana foi agendada em seu útero direito por 36 semanas. Agora que ela e o marido querem engravidar do terceiro filho, seu médico a aconselhou a usar o útero esquerdo para engravidar, pois seria perigoso tentar mais uma vez pelo direito, que já passou pela cirurgia duas vezes.

Anselmo Brombal
Anselmo Brombalhttps://jornaldacidade.digital
Anselmo Brombal é jornalista do Jornal da Cidade
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- publididade -spot_img

POPULARES