sábado, 20 julho, 2024
spot_img
InícioOpiniãoProcurando sarna pra se coçar

Procurando sarna pra se coçar

Anselmo Brombal – Jornalista

Há mais de um ano Rússia e Ucrânia estão em guerra. Ambos têm suas diferenças, que pelo jeito só serão resolvidas na bala. As consequências são sentidas no mundo todo. Nuns países mais, noutros menos. E eles que se entendam. Até que o nosso presidente analfabeto resolveu procurar um pouco de sarna pra se coçar. A primeira foi afirmar que essa guerra seria resolvida numa mesa de boteco, numa rodada de cerveja – ele, o troglodita, e os presidentes da Rússia e Ucrânia.
Ninguém se importou com o falastrão inconsequente. O mundo viu isso como piada. Mas agora o caldo entornou. O molusco está culpando os Estados Unidos e a Europa pela guerra. E falou sério. E isso está irritando americanos e europeus. O que significa que vai ter consequências.
Seria ideal que os Estados Unidos invadissem nosso país. Fácil demais. Alguns vão dizer que os americanos se deram mal no Vietnan. Mas esquecem que barbarizaram o Iraque. E faz algum tempo que os americanos não se metem em encrenca. E para eles, guerra é um grande negócio.
Boa parte da indústria americana vive de guerras. Fabricantes de fardamento, de coturnos, de capacetes, de armas, de veículos militares, de munição… e munição tem prazo de validade. Ou gasta ou joga fora. E para eles, chegar até aqui, armados como estão, será um passeio. Ou temos aviões suficientes para combater a Usaf? Não lhes faltam porta-aviões. Não lhes faltam mísseis. Nem soldados, patriotas de verdade.
E nós? Vamos defender o país com o que? Estilingue? Bodoque? Espingarda da pressão? É melhor entregar. E deixar que os americanos assumam o país. Ficaremos mais organizados, mais disciplinados e mais sérios. Aprenderemos muito. Usaremos o dólar. E não teremos mais STF e TSE.
Mas a melhor guerra, a que os americanos melhor fazem, é outra. Nada de tiros, mísseis e invasões. Eles conseguem estrangular a economia de qualquer país. Exemplo é a Venezuela, dona da maior reserva de petróleo do mundo, que está morrendo à míngua. Venezuelanos têm petróleo, mas não têm o que fazer com ele. Os americanos não deixam que vendam.
E se agora, depois do que o molusco anda dizendo, os americanos resolverem boicotar nossa soja? Nossa carne? Nosso aço? O país vai pro buraco. E quando os americanos boicotam, não ficam nisso. Pressionam, e conseguem, que seus aliados façam o mesmo. No caso, a Europa inteira. No caso, a África quase inteira. No caso, o Oriente inteiro.
O ladrão perdeu uma oportunidade e tanto de ficar de boca fechada. Quer se meter onde não é chamado? Critica a prefeitura de Quixeramobim. Ou o governo de Sergipe. Ou então, use o novo sofá e a nova cama do palácio com a Canja. Quer foder? Fode, mas não a gente.

Anselmo Brombal
Anselmo Brombalhttps://jornaldacidade.digital
Anselmo Brombal é jornalista do Jornal da Cidade
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- publididade -spot_img

POPULARES