sexta-feira, 19 abril, 2024
spot_img
InícioJundiaíHSV recebe doação de bonecas para pacientes da Unidade de Internação de...

HSV recebe doação de bonecas para pacientes da Unidade de Internação de Saúde Mental

Os pacientes da Unidade de Internação de Saúde Mental do Hospital de Caridade São Vicente de Paulo receberam uma surpresa divertida na tarde de segunda-feira (29). Com apoio do Time de Humanização e de voluntários que atuam no Pronto Atendimento Central, bonecas de pano foram entregues na enfermaria, a fim de alegrar os dias dos usuários do local. A ação foi promovida pela voluntária e artesã, Sandra Cristina Silva de Paula e pelo coordenador do voluntariado no Pronto Atendimento Central, Jardel Machado Campelo.
“Sou diretora de escola e fazer as bonecas era como um hobby para mim. Quando iniciei como voluntária aqui no Hospital São Vicente, há 3 meses, comentei com o coordenador do grupo, o Jardel, que eu produzia esse tipo de brinquedo e ele logo me falou sobre a possibilidade de fazer a doação. Eu sempre vou escolher fazer o bem para quem precisar. Eu já recebi muitas bênçãos em minha vida e meus filhos já estão grandes, então nada mais justo do que retribuir doando meu tempo e meu carinho”, conta Sandra.
Segundo a artista, cada boneca leva, em média, de 2 a 3 horas para ser confeccionada. “Depende do detalhe que vou fazer nelas. Tento fazer as bonecas com todos os tipos de cabelo, roupas e características. São minhas filhas também”, brinca Sandra. As atividades e recursos lúdicos utilizados na ala de Saúde Mental visam estimular a mente dos internados. Além das bonecas, a equipe também promove atividades artísticas como dança, artesanato e pintura, auxiliando no tratamento e proporcionando momentos de relaxamento e descontração.
“Parece um gesto simples, mas é muito importante. A saúde mental exige um cuidado diferenciado. Fiquei muito feliz com a dedicação e engajamento da voluntária em querer ajudar. Nós fazemos essas ações por amor. Nossa recompensa são as palavras, os agradecimentos e a felicidade desses pacientes”, ressalta Jardel.
A enfermeira júnior e colaboradora na unidade, Jucélia Batista, compartilha o sentimento de gratidão. “A doação que não espera por uma retribuição é um ato de amor verdadeiro. A prática de boas ações e as atitudes solidárias são muito respeitadas por nós e algo difícil de ver nos dias atuais. A reciprocidade é muito bonita e deve ser aplicada. Agradecemos em nome de nossos pacientes”.

Anselmo Brombal
Anselmo Brombalhttps://jornaldacidade.digital
Anselmo Brombal é jornalista do Jornal da Cidade
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- publididade -spot_img

POPULARES