domingo, 21 abril, 2024
spot_img
InícioOpiniãoImpopularidade nas alturas

Impopularidade nas alturas

Anselmo Brombal – Jornalista

Um fato comum na política é eleitos serem compreendidos, tolerados, aceitos no começo de seus mandatos. Durante o mandato, se corresponder, continua em alta. Se não, aos poucos começarão as críticas, a rejeição, a impopularidade.
Contrariando essa tradição, o atual presidente da República é criticado, rejeitado e impopular desde que foi eleito. E sua impopularidade só aumenta. Deve ter sido dolorido para ele ver a recepção que o ex-presidente Bolsonaro teve na abertura da Agrishow, em Ribeirão Preto, no feriado de 1º de abril. E o presidente não é impopular sozinho. Sua mulher, rainha do mau gosto, está no mesmo patamar. Ao contrário de Michelle Bolsonaro.
O presidente está sempre passeando no Exterior. Talvez para fugir dos problemas que deveria enfrentar. E até lá é vaiado e motivo de protestos. Os maiores foram na Espanha e em Portugal. Quando visita alguma cidade por aqui, pouca gente vai recebê-lo. Menos gente ainda vai para aplaudi-lo.
Como Lula é ruim de público: quando o Ibama devolveu a capivara Filó para o Agenor, teve carreata, motociata e uma multidão para receber a dupla. Ou seja, Uma capivara reuniu mais gente que o atual presidente. Tudo bem que a capivara é mais simpática e não rouba nada de ninguém.
Mas a vingança vem célere. Alexandre de Moraes, o Xandão, fiel comparsa da companheirada, vive fazendo das suas. Na quarta-feira (3), a Polícia Federal cumpriu ordem de busca e apreensão na casa do ex-presidente Bolsonaro. A PF estava à procura da caderneta de vacinação de Bolsonaro, pois acusavam-no de falsificar a mesma. Uma caderneta que não existe, pois Bolsonaro afirmou taxativamente que nunca tomou vacina contra a Covid. Até os policiais federais estavam constrangidos com a situação.
O que Lula vai fazer agora? Primeiro vai à coroação do rei Charles 3º na Inglaterra. Previsão é de mais vexames. Tanto dele quanto de sua deslumbrada e desqualificada mulher.
Como desde que foi nomeado presidente pelo TSE só fala mal de Bolsonaro, presume-se que venham novas armações pela frente. Coisas dele e sua quadrilha, liderada pelo ministro Flávio Dino, o Pepa Pig. E aí, vão acusar Bolsonaro de que? Tráfico de rapadura e Maria-Mole?
Minha sugestão para Lula reunir público é outra. Conversa com o Agenor e pega a capivara Filó por empréstimo. E quando visitar alguma cidade, leva a Filó.Garanto que haverá um bom público. Público grande, que a imprensa sabuja vai estampar fotos de muita gente afirmando que era para receber o apedeuta.
Mentira. Filó dá mais Ibope.

Anselmo Brombal
Anselmo Brombalhttps://jornaldacidade.digital
Anselmo Brombal é jornalista do Jornal da Cidade
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- publididade -spot_img

POPULARES