sábado, 20 julho, 2024
spot_img
InícioVariedadesProteção da mulher vítima de violência é tema de livro

Proteção da mulher vítima de violência é tema de livro

Num momento em que o feminicídio alcança índices alarmantes no País, a delegada Raquel Gallinati lança um livro para tratar do assunto sob o aspecto legal, ao passo em que convida a sociedade à reflexão quanto aos desafios que permeiam o combate à violência à mulher no Brasil. A noite de autógrafos de “Políticas Públicas & Inovações Legislativas” (Editora Plácido) acontece nesta 5ª feira (4), às 19 horas, na livraria Plácido do Conjunto Nacional (avenida Paulista 2.073, loja 120 – térreo, Bela Vista, São Paulo).
Com 340 páginas, a obra foi organizada e escrita pela diretora da Associação dos Delegados de Polícia (Adepol) do Brasil com o auxílio de delegados, de uma desembargadora, de promotoras de Justiça, de advogadas e de uma médica-legista. Os 26 coautores atuam em diferentes partes do País.
Segundo Raquel, a ideia foi reunir artigos elaborados por especialistas que trabalham no combate à violência doméstica e/ou no atendimento às vítimas deste tipo de crime e oferecer ao leitor o que há de mais atual sobre o tema no aspecto jurídico:
“Com o passar dos anos, leis foram aprimoradas no sentido de conceder à mulher uma maior rede de proteção, e ao agressor, as devidas sanções. Ainda estamos longe do que acredito ser o razoável quanto à prevenção, ao combate e à punição. A vítima, via de regra, ainda é renegada ao tempo e à sorte se compararmos os direitos dela com os de quem comete o delito. Por outro lado, não podemos ignorar avanços, que devem, sempre, ser passíveis de atualização e de discussão. Esta, inclusive, é a proposta deste livro: ampliar o debate”, reforça Raquel.
Estatuto da vítima, compliance feminino, atendimento on-line a vítimas de agressão, medidas protetivas, fiança extrajudicial, assédio sexual e moral no trabalho, cadeia de custódia, violência sexual contra mulheres vulneráveis, violência psicológica, lei Maria da Penha, revitimização e violência institucional são algumas das temáticas que o livro “Políticas Públicas & Inovações Legislativas” abarca. Entre 20 capítulos, a obra também trata do dilema das mulheres cristãs vítimas de violência doméstica e da caracterização de delegadas da Polícia Civil do Pará.
“O estudo e o incentivo ao conhecimento podem oferecer soluções que enfrentem, mitiguem ou controlem o abjeto fenômeno criminoso da violência doméstica e familiar no País. É o que propõem corajosamente a Raquel (Gallinati) e os demais autores desta necessária obra”, reforça o presidente da Adepol do Brasil, delegado Rodolfo de Queiroz Laterza, que assina o prefácio de “Políticas Públicas & Inovações Legislativas”.
Com patrocínio da Ibrachina – Instituto Sociocultural Brasil-China, o livro será lançado nesta 5ª feira, a partir das 19 horas, na livraria Plácido do Conjunto Nacional, na capital paulista. A obra será comercializada a R$ 169,90. Na noite de autógrafos, sairá ao valor promocional de R$ 110,43.

Anselmo Brombal
Anselmo Brombalhttps://jornaldacidade.digital
Anselmo Brombal é jornalista do Jornal da Cidade
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- publididade -spot_img

POPULARES