terça-feira, 16 abril, 2024
spot_img
InícioJundiaíVigilância identifica dois morcegos positivos para raiva em Jundiaí

Vigilância identifica dois morcegos positivos para raiva em Jundiaí

A Vigilância em Saúde Ambiental (Visam) – órgão da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde – identificou mais dois morcegos positivos para raiva, nos bairros Jardim do Lago e Corrupira. Além das orientações aos munícipes das localidades em que foram encontrados, foi realizada a busca de sinais de colônias desses animais nas regiões próximas e a vacinação de cães contactantes, em um dos casos.
Os dois morcegos encontrados são insetívoros, das espécies Myotis nigricans e Molossus rufus – muito comuns na cidade. Neste ano, Jundiaí contabiliza 11 casos. Desses, quatro foram encontrados no mesmo local. Em 2022, foram três registros.
O coordenador da Visam, veterinário Luis Gustavo Grijota Nascimento, reitera a orientação de que, no caso de identificação de um morcego em situações não usuais, como no interior de residências, nos quintais, voando durante o dia, ou caídos no chão, deve-se contatar imediatamente o órgão pelos telefones (11) 4589-6340 e (11) 4589-6350 para que os técnicos façam a retirada segura do animal. Havendo a possibilidade, também deve-se isolar o cômodo em que o animal foi encontrado e/ou imobilizá-lo, colocando sobre ele um anteparo como balde, pote de sorvete, pano ou uma caixa. Tanto o recolhimento como o diagnóstico desses morcegos integram as atividades do Programa Municipal de Vigilância da Raiva.
“É importante que as pessoas continuem seguindo as recomendações e nos comunicando para tomarmos as medidas preconizadas. O número de casos deste ano, inclusive, tem relação com a sensibilização da população às orientações dadas sobre o procedimento a ser adotado quando se deparar com morcegos em locais ou com comportamento incomuns”, destaca.
O coordenador do órgão ainda lembra que os morcegos são animais protegidos por lei, sendo considerados úteis ao homem e à natureza, devendo ser preservados. “Dos morcegos recolhidos, apenas uma pequena parcela é positiva para a raiva. Eles são animais importantes e as pessoas não devem mata-los ou agredi-los.”
Também é importante que cães e gatos recebam, anualmente, a vacina antirrábica. O imunizante é disponibilizado gratuitamente pela Visam, a partir de agendamento telefônico.

Anselmo Brombal
Anselmo Brombalhttps://jornaldacidade.digital
Anselmo Brombal é jornalista do Jornal da Cidade
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- publididade -spot_img

POPULARES