terça-feira, 16 abril, 2024
spot_img
InícioJundiaíExportações crescem em Jundiaí e média supera R$ 1 bilhão ao ano

Exportações crescem em Jundiaí e média supera R$ 1 bilhão ao ano

As informações foram divulgadas durante uma capacitação para mais de 30 empresas, realizada pela Prefeitura e Núcleo PEIEX/Facamp no auditório do Ciesp Jundiaí

As exportações em Jundiaí tiveram um crescimento nos últimos anos, segundo dados do Núcleo do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX Facamp). O PEIEX é uma parceria entre a Apex Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e a Facamp. Em números consolidados, a média a partir de 2017, quando a Prefeitura de Jundiaí criou o programa ‘Exporta + Jundiaí’, foi sempre superior a R$ 1 bilhão ao ano.
A importância das ações integradas entre poder público e agência pôde ser percebida na retomada econômica pós-pandemia. Nos últimos dois anos, tudo o que foi exportado do território jundiaiense para outros países alcançou a melhor média da série histórica de 10 anos: R$ 1,2 bilhão em 2021 e quase R$ 1,5 bilhão ano passado.
As informações foram divulgadas durante uma capacitação para mais de 30 empresas, realizada pela Prefeitura e Núcleo PEIEX/Facamp no auditório do Ciesp Jundiaí. Na ocasião, o Assessor Especial de Cooperação Internacional da Prefeitura, Sami Mansour, e a Assessora de Cooperação Internacional, Ligia Contursi, falaram sobre as ações do município.
“No caso específico dos bons números do programa, há uma confluência de vetores positivos para que atingíssemos esses resultados. O apoio da Prefeitura na divulgação do programa, via portal Jundiaí Empreendedora, e outras ações realizadas ajudaram neste fomento às exportações. E existe um potencial enorme para crescer ainda mais, devido ao número de empresas da região”, destacou o professor Olavo Furtado, monitor do Núcleo PEIEX/Facamp.
Encabeçado pela gestão pública, o processo de internacionalização da marca Jundiaí é destaque no atual patamar que a cidade alcançou. “A articulação internacional voltou a ser feita de forma efetiva também por conta da notoriedade global que Jundiaí alcançou em diferentes setores nos últimos anos”, apontou o prefeito Luiz Fernando Machado. “Por duas vezes, recebemos o reconhecimento do estudo feito pelo Financial Times em que nos posiciona como a melhor do Brasil e entre as melhores das Américas para investimento internacional”.

Oportunidades
Responsável pelo programa Exporta + Jundiaí, o gestor da Unidade de Gestão de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Cristiano Lopes, explicou que várias ações foram feitas no sentido de fomentar as exportações e a internacionalização do município. A última delas, inclusive, foi a criação do Balcão Exporta + Jundiaí no Espaço Jundiaí Empreendedora, no Maxi Shopping, em março do ano passado. “Jundiaí se diferencia com esse ambiente acolhedor para investimentos. Nos últimos anos, a Prefeitura assumiu uma postura proativa frente às demandas do setor produtivo, com foco em ampliar a oferta de oportunidades para as pessoas e fortalecer a economia local. É o que estamos fazendo e tem dado resultado. Vamos avançar ainda mais”, destacou.
Na Região Metropolitana de Jundiaí, entre 2021 e 2022, 29 empresas foram atendidas pelo PEIEX – 21 só de Jundiaí. Os setores empresariais que o Núcleo mais atendeu no município foram: alimentos e bebidas (38%); máquinas, equipamentos e materiais elétricos (16%). Nesta lista ainda constam têxtil, vestuário e couro; químicos e farmoquímicos; metalurgia; produtos plásticos e não metálicos; entre outros.
“O programa PEIEX fez muito sentido neste momento, para nós. A Castelo, apesar de já ser uma empresa importadora e exportadora há alguns anos, pôde rever muitos conceitos e também entender como está o mercado, como as outras empresas estão se posicionando”, destacou Milene Vieira, Head de Vendas Internacionais da Castelo Alimentos. “É uma ótima oportunidade para quem ainda não exporta, mas também para quem já tem essa experiência inovadora. Analisar o que já temos feito e naquilo que podemos melhorar”.
“Esse é mais um passo que Jundiaí dá nas iniciativas de internacionalização e na atração de novos investimentos. Isso resulta em avanços na melhor prestação dos serviços à população e no desenvolvimento da cidade de maneira global”, comentou o gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi.

Anselmo Brombal
Anselmo Brombalhttps://jornaldacidade.digital
Anselmo Brombal é jornalista do Jornal da Cidade
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- publididade -spot_img

POPULARES