quarta-feira, 17 julho, 2024
spot_img
InícioJundiaíJundiaí está entre as melhores cidades do Brasil para empreender

Jundiaí está entre as melhores cidades do Brasil para empreender

Os dados são da última edição do Índice de Cidades Empreendedoras (ICE), produzido pela Escola Nacional de Administração Pública

O incentivo ao empreendedorismo praticado em Jundiaí ganhou destaque nacional. O município passou a fazer parte do ranking de melhores cidades brasileiras para se empreender e ocupa a 12ª posição nacional. Está à frente de capitais importantes, como Belo Horizonte, Fortaleza e Salvador. Já no Estado de São Paulo, é a terceira melhor – atrás, apenas, da capital São Paulo e de Osasco.
Os dados são da última edição do Índice de Cidades Empreendedoras (ICE), produzido pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), que leva em conta os municípios mais populosos e analisou sete critérios: Ambiente Regulatório, Infraestrutura, Mercado, Acesso a Capital, Inovação, Capital Humano e Cultura Empreendedora. A notícia foi repercutida nesta terça-feira (28) pelo portal da Investe SP (Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade), que comemorou o fato de 28 cidades paulistas figurarem entre as 101 integrantes do ranking brasileiro.
“Nossa gestão entende a importância de se valorizar a geração de emprego e renda para as famílias, além de estimular o empreendedorismo. Essa é uma agenda permanente de nossa parte, no sentido de ampliar as chances a cada jundiaiense com relação ao mercado de trabalho”, explicou o prefeito Luiz Fernando Machado. “Há, realmente, um conjunto de ações em Jundiaí que buscam gerar mais oportunidades às pessoas, desde as reuniões com empresários, aprimorando nossa vocação para receber novos negócios, até os cursos de formação profissional gratuitos que nós oferecemos”.
De acordo com o gestor de Governo e Finanças (UGF), José Antonio Parimoschi, este resultado mostra que as metas estabelecidas no planejamento do município estão sendo alcançadas. “Um dos principais eixos do plano de governo do prefeito Luiz Fernando é o desenvolvimento com inclusão, através do apoio direto ao empreendedorismo em nossa cidade, e isso é apontado pelo Índice de Cidades Empreendedoras. Recentemente, Jundiaí subiu duas posições no ranking de melhores economias do Brasil e hoje ocupa a 15ª posição nacional. No Estado, somos a quinta maior economia dentre 645 municípios paulistas. Tudo isso mostra que estamos no caminho certo e nosso trabalho continua, sempre com foco em fomentar o ambiente econômico, gerar mais renda e emprego para os jundiaienses!”
Para Cristiano Lopes, gestor de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, os números demonstrados neste ranking nacional reforçam a importância da parceria entre poder público, iniciativa privada e entidades do terceiro setor. “Quando criamos o programa Jundiaí Empreendedora e o ecossistema de inovação, nosso objetivo foi tornar mais simples e prático o acesso do empreendedorismo aos serviços públicos necessários, por exemplo, para abertura, regularização e outros passos que uma empresa precisa tomar. O Espaço Jundiaí Empreendedora, no Maxi Shopping, é um exemplo claro disso”, lembrou. “Na edição da FENS (Feira do Empreendedor, Negócios e Serviços), movimentamos 30 mil pessoas e um faturamento de R$ 1,5 milhão para os mais de 400 expositores. Esse estudo aponta também o capital humano como um dos quesitos de avaliação para o ranking nacional e é justamente o que estamos fazendo, com a formação de mão de obra técnica para o mercado de trabalho. Vimos isso recentemente na entrega dos certificados do curso gratuito de operador de empilhadeira, feito pela Prefeitura e com parceria do Senai. Tem formando já empregado! Isso é pensar no desenvolvimento econômico e social de Jundiaí”.

Relação de municípios paulistas entre as 101 melhores cidades brasileiras para empreender:
1º. São Paulo
11º. Osasco
12º. Jundiaí
16º. São Bernardo do Campo
17º. São José dos Campos
19º. Santo André
25º. Piracicaba
28º. Campinas
33º. Ribeirão Preto
37º. Mogi das Cruzes
38º. Diadema
39º. Sorocaba
42º. Limeira
48º. Bauru
52º. Santos
54º. Praia Grande
56º. Franca
59º. Suzano
70º. Taubaté
77º. Guarujá
83º. Mauá
87º. São José do Rio Preto
92º. Taboão da Serra
93º. Sumaré
97º. Itaquaquecetuba
99º. Guarulhos
100º. São Vicente
101º. Carapicuíba

Anselmo Brombal
Anselmo Brombalhttps://jornaldacidade.digital
Anselmo Brombal é jornalista do Jornal da Cidade
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- publididade -spot_img

POPULARES