sábado, 20 julho, 2024
spot_img
InícioRegiãoProjeto Retaguarda é iniciado nas escolas de Itupeva

Projeto Retaguarda é iniciado nas escolas de Itupeva

Jiu-Jitsu passa a fazer parte da grade curricular dos alunos do Ensino Fundamental; projeto teve início na terça-feira, no Cemeb Jardim Vitória, com aulas de Jiu-Jitsu

A iniciativa que agora faz parte da grade curricular é coordenada e conduzida pela servidora municipal e atleta da modalidade, Géssica Rinaldi, acompanhada da professora e estagiária, Amanda Caroline Camargo e do GCM e atleta, Ronaldo Gomes de Almeida.
“Neste primeiro dia participaram das aulas 6 turmas, reunindo aproximadamente 180 crianças na faixa etária de 9 e 10 anos. Estamos em êxtase! Os alunos receberam muito bem a modalidade, com entusiasmo, alegria e estavam ansiosos por este momento”, detalhou Géssica Rinaldi, explicando que quase 100% dos alunos tiveram o apoio e autorização da família para participarem deste projeto.
“Foi uma sensação incrível, como se eu estivesse indo para um campeonato! Nesta primeira aula trabalhamos a parte histórica do Jiu-Jitsu, regras e combinados com os professores, movimentação básica e momento lúdico, que utilizou conhecimentos prévios de outros esportes, como, por exemplo, o futebol, que é muito praticado por eles, para introduzir a modalidade de luta mais específica”, ressaltou.
As aulas acontecerão inicialmente em sete Cemebs: Bairro da Mina (Bairro da Mina), Jardim Vitória (Jardim Vitória), Fazenda Pinheiros (Cafezal I), Maria Stela Sales Izzo (Parque das Hortênsias), Jacob Victor Levis (Guacuri), Prefeito José de Oliveira (Pacaembu I) e Catharina Reinholz Sabó (Moinho), com atividades semanais, com duração de uma hora/aula.
“As minhas expectativas são grandes, visto que é um projeto inovador no Brasil, praticado somente em países de primeiro mundo e importante neste momento de reconstrução da Cultura de Paz nas escolas de todo País”, salientou Géssica Rinaldi.
A gestora do Cemeb Jardim Vitória, Rose Gandra considerou essa iniciativa maravilhosa. “Afinal, o Jiu-Jitsu na grade escolar do Jardim Vitória tem o objetivo de aprimorar o desempenho escolar das crianças, reforçando princípios e valores educacionais”, disse.
Já a professora dos alunos do 5° ano A, Talita Paiva, ressaltou que este projeto terá reflexos positivos no cotidiano, no social e na vida dos estudantes. “O Jiu-Jitsu é uma modalidade que favorece o entendimento de autoridade, hierarquia e respeito em sociedade. Creio que esse projeto será benéfico e inesquecível há longo prazo”, comentou.
Samuel Bispo da Silva, de 10 anos, afirmou que adorou este primeiro dia de aula de Jiu-Jitsu. “Eu gostei demais, porque amo jogar futebol e sempre quis praticar algum tipo de arte marcial”, descreveu.
Já a aluna Laura de Souza Matos, de 10 anos, também ficou muito feliz em participar desta aula. “Sempre tive muita curiosidade em conhecer as técnicas de Jiu-Jitsu e, hoje, essa experiência foi muito legal e espero aprender muito mais”, confirmou.
Essa iniciativa da Prefeitura de Itupeva acontece de maneira intersetorial, num trabalho que envolve as secretarias de Educação, Esportes e Lazer, Desenvolvimento Social e Guarda Civil Municipal, com o intuito de melhorar o desempenho escolar das crianças, reforçando princípios e valores educacionais, aumentando a sensação de segurança nas unidades escolares.

Anselmo Brombal
Anselmo Brombalhttps://jornaldacidade.digital
Anselmo Brombal é jornalista do Jornal da Cidade
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- publididade -spot_img

POPULARES