sexta-feira, 19 abril, 2024
spot_img
InícioJundiaíOncologia faz mais de 35% de sessões de quimioterapia e radioterapia

Oncologia faz mais de 35% de sessões de quimioterapia e radioterapia

No primeiro trimestre deste ano, o setor de oncologia do Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSV) teve crescimento da ordem de 35,25% no número de sessões de quimioterapia e radioterapia realizadas na comparação com o ano anterior. Foram 2.496 sessões a mais que o mesmo período de 2022. O salto foi de 7.082 sessões para 9.578. O que corresponde à média 3.192 sessões mensais.
Outro dado relevante é o número de pacientes atendidos no período que teve aumento de 8,8%. Foram atendidos 2.247 pacientes neste primeiro trimestre, frente aos 2.067 do ano anterior, ou seja, 180 pacientes a mais, 60 a mais em cada mês. O número de cirurgias oncológicas realizadas nestes primeiros três meses também teve um importante avanço, com crescimento da ordem de 20%. No ano passado foram realizadas 90 cirurgias e neste ano foram 108.
“O São Vicente é referência em oncologia em todo o interior de São Paulo. Oferece alta qualidade em serviços da especialidade, conta com profissionais de altíssimo nível e tem excelente infraestrutura. Temos visto a evolução na produtividade da instituição, sempre com foco na humanização e na melhoria contínua. Por isso não medimos esforços em fazer investimentos neste hospital, o equipamento é símbolo de vida e esperança para nossa cidade”, define o prefeito Luiz Fernando Machado.
Para Matheus Gomes, superintendente do HSV, os avanços são resultados do esforço conjunto entre a gestão do município, administração do HSV e principalmente da equipe do hospital. “Eficiência operacional, com foco na segurança e humanização tem sido nossas principais metas. Com uma gestão austera, racional, é possível manter os investimentos em infraestrutura, novas tecnologias e tratamentos. O desafio é enorme devido ao aumento do número de internações que estamos enfrentando, precisamos estar focados em buscar sempre eficiência assistencial, especialmente aos pacientes oncológicos”, destaca.
O médico diretor técnico e oncologista, Izandro Regis de Brito, destaca que a assistência ao paciente oncológico, de modo geral, tem evoluído bastante. “Grandes avanços foram observados no diagnóstico por imagem, que tornam possível o diagnóstico do câncer de forma mais eficiente e precoce, como também novas drogas que surgem a cada ano, proporcionando maior possibilidade de sucesso e de sobrevida mais longa no tratamento de canceres metastáticos”, explica. “Mesmo assim, a maior arma contra a doença ainda continua sendo o diagnóstico em fase inicial, quando ainda não se desenvolveram os tumores secundários, conhecidos como metástases”, aconselha.
O serviço de oncologia do HSV é considerado de excelência, sendo credenciado pelo Ministério da Saúde como Unidade de Alta Complexidade em Oncologia. Oferece assistência completa ao paciente oncológico, como cirurgia oncológica, radioterapia, quimioterapia, medidas de suporte, reabilitação e cuidados paliativos. No ano passado, foram atendidos 8.505 pacientes para sessões de radioterapia e quimioterapia, totalizando 31.238 sessões realizadas. Também foram feitas 400 cirurgias oncológicas.

Anselmo Brombal
Anselmo Brombalhttps://jornaldacidade.digital
Anselmo Brombal é jornalista do Jornal da Cidade
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- publididade -spot_img

POPULARES