sábado, 20 julho, 2024
spot_img
InícioRegiãoEstudantes de Várzea Paulista visitam Ecoponto na Semana do Meio Ambiente

Estudantes de Várzea Paulista visitam Ecoponto na Semana do Meio Ambiente

Estudantes realizaram coleta de material eletrônico em suas comunidades para fazer o descarte correto e conheceram o local em detalhes

Na sexta-feira (2), dentro da Semana do Meio Ambiente da Prefeitura, o Ecoponto de Várzea Paulista recebeu alunos do segundo e terceiro ano do Ensino Médio da Escola Estadual Monsenhor Hamilton José Bianchi (Vila Popular), que conheceram o órgão para o correto descarte de uma série de resíduos. O projeto “Meu papel no desenvolvimento sustentável” foi desenvolvido por diversos professores e faz parte dos itinerários formativos do novo Ensino Médio da Rede Estadual.
O gestor municipal de Meio Ambiente, Peterson de Avila, recepcionou os alunos e professores e destacou a importância de iniciativas como essa. “Essa iniciativa partiu da unidade escolar, mas estamos trabalhando em parceria com a Unidade Gestora de Educação para trazer dentro das escolas uma cultura de sustentabilidade e descarte consciente”, declarou.
A vice-diretora da escola, Tatiana Broslavschi, explicou que os professores vêm trabalhando a consciência ambiental dentro das salas de aula e que a iniciativa faz parte do plano de ensino do novo Ensino Médio. “Os professores trabalharam o tema de sustentabilidade com os alunos na sala de aula, que levaram a iniciativa para as famílias e comunidade. Coletaram materiais eletrônicos para realizarem o descarte correto e verem na prática como funciona”, disse.
Durante a ação, os estudantes tiveram a oportunidade de saber mais sobre o trabalho do Ecoponto e conhecer todo o local, o gestor executivo de Meio Ambiente, João de Lima, acompanhou o grupo e deu orientações a respeito de descarte consciente e reciclagem.
A aluna do 2º ano, Ariane do Nascimento Vitoriano comentou o que achou da visita. “Acho muito importante trazer essa conscientização para nós. Tem muita gente que não sabe que existe o Ecoponto e os materiais que eles recebem aqui. Através disso, conseguimos levar a informação para nossas famílias e vizinhos”, destacou.
O projeto foi desenvolvido pelos professores Daniel de Sousa Fernando, Emile da Silva Ferreira, Claudiomiro Mori, Ronan César de Oliveira e José Jair de Oliveira, além da coordenadora da escola, Denise Ferreira.

Ecoponto
O Ecoponto recebe uma grande variedade de materiais que podem ser levados ao local pelos moradores da cidade. Materiais como pisos, areia, blocos cerâmicos, blocos de concreto, concreto, reboco, telhas de cerâmica, gesso, vidro, metais, pneus, louças, móveis, madeira, papal, papelão, plásticos, óleo de cozinha, eletrônicos, eletrodomésticos e eletroeletrônicos. Os televisores e monitores com tubo de imagem só são aceitos inteiros (partes isoladas não são recebidas).
Caso algum morador queira verificar se os materiais deixados podem ser reaproveitados em benefício particular, podem se dirigir até o local e retirá-los gratuitamente.
Cada morador pode levar até 1 metro cúbico de entulho por mês. Essa é uma quantidade significativa de material por pessoa, considerando que uma caçamba comum tem espaço para 5 metros cúbicos.
Nem tudo pode ser levado ao Ecoponto; materiais como pilhas (baterias), colas, óleos industriais, tintas, resinas, amianto, lâmpadas, lixo doméstico, lixo hospitalar, lixo industrial e animais mortos não são aceitos, entre outros.
O Ecoponto fica na Rua Atroaris 348 – Jardim Continente, junto à Usina de Asfalto da cidade e funciona de segunda a sexta-feira das 7 às 12 horas e das 13 às 16 horas, e aos sábados, das 7 às 12 horas.

Anselmo Brombal
Anselmo Brombalhttps://jornaldacidade.digital
Anselmo Brombal é jornalista do Jornal da Cidade
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- publididade -spot_img

POPULARES