terça-feira, 16 abril, 2024
spot_img
InícioRegiãoCampo Limpo Paulista inicia vacinação contra a Influenza

Campo Limpo Paulista inicia vacinação contra a Influenza

A Secretaria de Saúde de Campo Limpo Paulista iniciou a semana com a Campanha de Vacinação contra a Influenza (gripe), em todas as unidades de saúde para grupos prioritários. Para receber o imunizante basta comparecer a uma Unidade Básica de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13 às 15 horas, munidos dos seguintes documentos: adultos – RG, CPF, cartão SUS e carteira de vacinação. Já para as crianças – certidão de nascimento, cartão SUS e carteira de vacinação. O aposentado Francisco Queixada, de 83 anos, morador do Figueira Branca, se orgulha em dizer que já tem duas cartelas recheadas de registros de vacinação. Sabendo da importância de receber o imunizante, compareceu ao Ambulatório Central assim que pôde. “Todos os anos, eu tomo a vacina. Tanto que me sinto muito bem disposto mesmo passando das oito décadas de vida. Sei o quanto a vacina previne”, comentou. A moradora da região central, Mitie Tsutiyo Watanabe, de 78 anos, fez o mesmo. “Já tive gripes fortes, inclusive Covid, e foi horrível. Depois que adotei a prática de me vacinar sempre que há campanhas, percebi o quanto é necessário e benéfico. Além disso, o atendimento aqui é tão bom que não há motivo para evitar de vir aqui”, elogia as enfermeiras enquanto recebe o imunizante. A campanha vai até 31 de maio e tem como meta atingir uma cobertura vacinal de 90% desse público-alvo. Grupos prioritários para a vacinação: – Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias); – Trabalhadores da Saúde; – Gestantes; – Puérperas; – Professores do ensino básico e superior; – Povos indígenas; – Idosos com 60 anos ou mais de idade; – Pessoas em Situação de Rua; – Profissionais das Forças de Segurança e Salvamento; – Profissionais das Forças Armadas; – Pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, independentemente da idade; – Pessoas com deficiência permanente; – Caminhoneiros; – Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbanos e de longo curso; – Trabalhadores Portuários; – População privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.

Anselmo Brombal
Anselmo Brombalhttps://jornaldacidade.digital
Anselmo Brombal é jornalista do Jornal da Cidade
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- publididade -spot_img

POPULARES